Que porcaria!
 

 
O bêbado está na porta do bar, tomando uma pinga e de repente passa uma morena deliciosa.
— Hic! Que porcaria! — grita ele, para a gostosa.
Depois de alguns minutos, uma ruiva perfeita.
— Que porcaria! — repete ele.
Depois uma loira fenomenal... Bundinha empinada, peitões de silicone, barriguinha sarada... E ele:
— Que porcaria! Hic!
Aí o dono do bar não agüenta:
— Qual é o problema, meu amigo? Só passa mulherão aqui na frente e você fica dizendo que é porcaria?
— Que porcaria que eu tenho lá em casa! Hic! Isso que eu quis dizer!