Fidelidade de portuguesa

Manoel decidiu ganhar a vida no Rio de Janeiro. Chamou Joaquina e reafirmaram os votos de fidelidade do casamento durante os três anos que ele passaria no Rio. Veio. Três anos depois estava super rico e voltou à terrinha. Ao chegar, Joaquina cobra:

-Manoel, como passaste no Rio sem me traires? Cumpriste o pacto?

-Ah! Pois, pois. Foi muita consideração. Confesso-te que muitas vezes caí em tentação, aquelas gajas maravilhosas, iam ao meu Ap, mas eu resistia e, confesso-te, cheguei a ficar em cima delas muitas vezes, mas lembrava-me do trato e saía de cima. E tu, Joaquina, como passaste sem mim?

- É, Manoel, tu hás de convir que sair de baixo é bem mais difícil!