O portuga tava subindo e descendo uma escada de madeira
apoiada na parede. Ele tinha uma fita métrica na mão e
sempre que ia tentar medir a escada, a fita caia. Ele
apoiava a fita na parte de baixo da escada, subia e a fita
saía do lugar.

O brasileiro, vendo o martírio do português, então pergunta:

- Ô portuga ! Por que você não deita essa escada no chão?
  Aí você vai conseguir medi-la com mais facilidade!

- Ó bobão! É que eu não quero medir o comprimento, eu quero
  medir a altura!