Um americano, com sua Ferrari possante, estava a se
mostrar pelas ruas de Nova Iorque. Sem mais nem menos
passa um japonês do seu lado a uns 200 km/h. Olha-o
profundamente e grita:

- Conhece moto Kawasaki?

E o ultrapassa. Furioso o americano não se conforma:

- Quem esse japa pensa que é? Ele vai ver só!

Rapidamente, acelera ao máximo, mas não consegue
alcança-lo a tempo. Volta e pega seu Porche...

- Agora ele vai ver!!! Não se brinca assim comigo...

Logo localiza o japonês pelo retrovisor, mais que
rápido acelera para alcançar sua velocidade, mas o
japonês o ultrapassa com firmeza e grita:

- Conhece moto Kawasaki?

Inconformado olha o japa que some no infinito... Volta
para casa e pega sua Mitsubishi. Agora nunca, ninguém
poderá o ultrapassar! (pelo mesmo é o que pensa.) Mas
que depressa volta para sua rota, procura mas nada de
encontrar aquele japa atrevido. Até que vê ele muito
mais veloz que antes. Confiante ele afunda o pé no
acelerador. Chega bem perto do japonês, que ao vê-lo
começa a acenar. O americano olha-o e consegue
alcançar. Então o japa olha o americano e grita:

- Conhece moto Kawasaki?

E o ultrapassa novamente. O americano já de saco
cheio, não acredita que uma “motico” consiga deixar
sua Mitsubishi para trás e insiste. Acelera e vê o
japonês fazendo a curva, mas some... Insiste. Pisa
fundo e chega na curva. Quando a completa vê que o
japonês esta na pista estirado, todo “arrebentado” e a
moto irreconhecível. Não acreditando pára o carro, dá
ré pra ver o que aconteceu. Chega no japa estiradão no
acostamento, todo esfolado, pára, desce do carro e
desesperado com a situação vai logo perguntando o que
aconteceu. O japonês quase imóvel faz uma força
tremenda, mais responde:

- Conhece moto Kawasaki?

- Sim. E daí? – responde o americano

- Então me diz onde fica o freio.