Um certo presidente da República, chamado Fernando
Henrique Cardoso veio a falecer.

Aí houve uma confusão para chegar a um acordo para o
sepultamento.

Os amigos ministros, senadores e deputados queriam que
ele fosse enterrado em Brasília, pois foi lá que ele
trabalhou tanto nestes dois mandatos da presidência e
como senador anos antes.

Já os amigos de São Paulo, professores e funcionários
da USP exigiam que ele fosse enterrado no Campus da
Universidade, pois foi lá que ministrou brilhantes
aulas de sociologia...

Por outro lado os parentes queriam que ele fosse
enterrado no jazigo da família em sua cidade natal.

No meio dessa confusão, um bêbado grita...Jerusalem
não, Jerusalém não.

Um dos amigos do presidente aborda o bêbado e o
repreende...

Nós aqui estamos pra decidir onde o nosso presidente
irá ser enterrado, em Brasília, no campus da USP ou em
sua terra natal...e o senhor aí não pára de gritar...
Jerusalem não, Jerusalem não...O que significa isto?

Sabe o que é seu moço... É que uma vez enterraram um
tal de Jesus de Nazaré em Jerusalem e passados três
dias e ele ressuscitou....Vai que a gente enterra este
homem lá e ele volta de novo...Credo em cruz!!!