Herança chorada



No velório de um rico empresário, um sujeito chorava copiosamente num canto da igreja.
Até que o padre foi tentar consolá-lo:
- Rapaz... Não chore... Ele foi para um lugar melhor!
- É - respondeu o chorão. - Mas ele foi e deixou muito dinheiro aqui! Buáááá!
- Sim - continuou o padre. - Deixou muitos bens porque foi um empresário bem-sucedido...
- Muito bem-sucedido! Snif... Ele deixou uma casa na praia, uns dez apartamentos espalhados pelo mundo, milhões de dólares na conta bancária! Snif...
- Sim, é verdade... Mas, me diga... Por que isto lhe faz chorar tanto, meu filho?
- Porque eu não sou da família, padre! Buáááá!