O corno assassino



Como o céu estava lotado, Deus decidiu que só iria
aceitar a entrada no céu, de quem morresse de uma forma
muito ruim.

Um dia, chegou um cara falando, que sua morte foi ruim
e então poderia entrar no céu e Deus pediu que ele
contasse como foi a morte dele.

- Bem, eu moro no 20º andar de um prédio e suspeitava
que minha mulher estava me traindo mas, nunca peguei
ela no flagra.

- Um dia, quando cheguei mais cedo do serviço percebi
que ela, estava com o amante. Quando entrei no
quarto encontrei ela deitada na cama, pelada e com
aquela cara de santinha-do-pau-oco. Procurei no
guarda-roupa, embaixo da cama, no banheiro, mas não
encontrei o amante. Foi quando, escutei um barulho
na varanda e vi, uns dedos pendurados. Pisei neles
até o cara cair. Infelizmente, os fios elétricos
amorteceram a queda e o cara não morreu. Minha
mulher tentou impedir mas, joguei a geladeira nele.
Fiquei tão feliz, que ele morreu que tive uma parada
cardíaca e aqui estou...

- Vai me deixar entrar, no céu ou não vai, Deus?

- Bom, sua morte foi mesmo ruim. Pode entrar, meu
filho.

Logo depois, chegou outro cara contando como foi a
morte dele:

- Eu moro no 21º andar de um prédio. Tinha acabado de
fazer a faxina no meu apartamento e fui fazer alguns
exercícios na varanda.

- Quando estava pulando, corda escorreguei no produto
de limpeza que estava no chão e caí. Por sorte,
consegui agarrar na borda da varanda do andar de
baixo, onde um homem furioso, que pensei que fosse
me ajudar, pisou nos meus dedos até eu cair. Antes
de bater a cara no chão, os fios elétricos
amorteceram minha queda e só quebrei alguns
ossos. Foi aí, que o mesmo homem, que esmagou meus
dedos jogou uma geladeira, lá de cima na minha
cabeça. Então eu morri.

- É, sua morte foi realmente ruim... Pode ficar aqui no
céu meu filho.

Dali a pouco chega outro cara:

- O senhor não vai acreditar, Deus! Morri dentro de
uma geladeira jogada do 20º andar de um prédio!!!