Advogado sem mãe



Com a roupa suja de sangue e respiração ofegante, o cliente entra esbaforido no escritório do advogado:
- Doutor, doutor! O senhor precisa me ajudar! Acabo de matar minha mãe!
E o advogado, tranqüilamente:
- Peraí... Não é bem assim! Estão dizendo que você matou sua mãe...