A cadeira assassina



No tribunal o juiz diz ao reu:

- O senhor e acusado de ter partido uma cadeira na cabeça do seu vizinho!

- Sim, meritíssimo! mas a minha intenção era só de partir a cabeça dele e não a cadeira!