No Rio de Janeiro



No Rio de Janeiro, um bando de assaltantes entra numa festa onde estão muitas personalidades. Achando que eles vão poder arrecadar muito mais se fizerem alguns reféns, eles agarram o Sarney, o Roberto Carlos e o Lula. Eles mandam o recado aos jornais que eles querem um milhão de resgate.
Só que as negociações não levam a nada. Eles tinham prometido matar os reféns se o pedido não fosse atendido, e eles não veêm outra alternativa senão cumprir o prometido. Eles avisam os reféns que serão mortos, mas que seria concedido a cada um deles um último desejo.
Sarney diz que tinha preparado um discurso de cerca de uma hora e vinte para ler na festa, e ele não gostaria de morrer sem antes declamar sua obra-prima. Os assaltantes dizem que vão atender seu desejo, e perguntam ao Roberto Carlos qual será o dele.
- Eu estava para apresentar meu CD inédito na festa, e iria cantar as 14 músicas. Eu não gostaria de morrer sem cantá-las uma única vez!
Os assaltantes dizem que concordam com isso também e perguntam ao Lula qual é o desejo dele.
- Me matem primeiro, companheiros.