Platéia exigente



Um cantor de rock brasileiro faz show para a exigente platéia de Buenos Aires. No final, já era a décima vez que voltava para atender os pedidos de bis e o público continuava exigindo mais.

Desconfiado e com o "saco na lua", o roqueiro se recusa a cantar:

-Chega! Não canto mais!

A gritaria continua. Ele negando. Nisso, levanta-se um brutamontes na primeira fila, e com um dedo ameaçador grita para o rock-star:

- Hay que cantar! Hay que cantar hasta que aprenda!