Argentino



Pai explicando o novo Corinthians ao filho

- Pai.

- Fala filho

- Por que eu não entendo o que esse jogador novo do Corinthians fala?

- Porque ele é argentino filho.

- Argentino não é do Brasil?

- Não filho, argentino é da Argentina.

- Aquele país que o senhor disse que só tem filho da puta?

- Não é bem assim filho.

- Se o Brasil jogar com a Argentina, agora a gente tem que torcer pra Argentina?

- Não filho, vamos torcer pro Brasil.

- E aquele outro que veio com ele, o Sebastião?

- Não é Sebastião filho, é Sebastian.

- É aquele do comercial da C&A?

- Não filho, aquele lá é outro.

- Outro? Ele é o que?

- Ele é argentino

- Também?

- É.

- Esse técnico, o Viaduto, por que ele fala esquisito?

- Não é viaduto. É Passarela. Ele também é argentino.

- Pra ver jogo do Corinthians agora a gente vai ter que ir pra Argentina?

- Não, filho.

- Mas, e a Argentina, agora não tem mais jogador? Vieram tudo pro Corinthians, né?

- Não, só vieram três argentinos, lá eles tem um monte de jogadores.

- Ah, entendi. Como na Argentina tem um monte de jogadores então eles mandam pra cá. Acabaram os jogadores brasileiros?

- Não, filho.

- Pai?

- Fala filho.

- Agora quando a torcida começar a gritar "Filho da puta, Filho da puta", é por causa dos argentinos do Corinthians?

- Não filho, isso é pro juiz.

- Por que? Ele também é argentino?

- Não filho, é porque ele rouba o Corinthians, então a torcida xinga.

- Mas o senhor não vivia dizendo que todo argentino era filho da puta?

- Vivia.

- Então o Corinthians virou time de filho da puta?

- Não filho, presta atenção na televisão e para de me encher o saco que eu quero escutar a entrevista.

- Então me explica o que eles estão falando.

- Porra. Com você falando aqui e com aquele filho da puta falando enrolado lá, não dá pra entender direito. Cala a boca que eu quero escutar.

- Pai, o que é "Porra"?

- Foi a merda que enfiei na tua mãe pra nascer um filha da puta como você.

- Ahhhhhhhh, agora entendi. . . . . Eu sou argentino!