Empréstimo amigável



O camarada vai visitar um amigo.
- Oi, Otávio, tudo bem? Quanto tempo! Que bons ventos o trazem!
E o camarada, sem jeito.
- Sabe o que é... deu enchente na minha casa... perdi todos os móveis. Será que você poderia me emprestar um dinheiro para eu refazer minha vida?
- Quanto?
- Uns mil reais!
- Você sabe, Otávio, que eu te considero pra caramba! Você é realmente um grande amigo que eu tenho! E quando a gente coloca dinheiro no meio da amizade, estraga a amizade! Eu não ia querer estragar a nossa amizade só por causa de mil reais.
- Tá bom! Então dá pra emprestar cinco mil?